jusbrasil.com.br
13 de Agosto de 2022

Compliance - O papel do advogado na gestão de riscos

Abaixo selecionamos algumas boas práticas para o advogado que atua com gestão de riscos e compliance.

SAJ ADV - Software Jurídico, Redator de Textos Técnicos
há 6 anos

O artigo Gestão de riscos corporativos: uma análise da percepção dos gestores das empresas paranaenses, publicado nos anais do Congresso de Controladoria e Finanças da UFSC, observou o desempenho de 91 organizações que investem em gestão de riscos e compliance. Os participantes da pesquisa apontaram as áreas contábeis, crédito, estratégico, imagem e legal, como as que representam os maiores riscos para as companhias. Para esses gestores, os principais benefícios em investir em gerenciamento de riscos são: valor do mercado, confiabilidade dos acionistas, prospecção de novos investidores, economia interna e aumento do faturamento. Você já deve ter percebido as vantagens de investir em gestão de riscos e compliance, mas você sabe qual é o papel do advogado neste planejamento?

As companhias que investem em gestão de riscos, normalmente, focam na gestão financeira e na compliance. Quando essas organizações contratam um advogado, esperam que ele atue de forma preventiva, com o objetivo de evitar problemas, criar uma certa estabilidade para o negócio, minimizar as perdas e ampliar as oportunidades. Em resumo, o profissional presta seus serviços jurídicos e trabalha como um facilitador de negócios e oportunidades, ou seja, atua próximo ao cliente, conhece o seu negócio e repassa orientações confiáveis que contribuem para a tomada de decisão. Além disso, o advogado é chave essencial para que a empresa esteja em compliance, já que essa atividade nada mais é do que estar em conformidade com as leis, sejam decretos federais, estaduais ou municipais, e as normas internas da organização.

Assim, a gestão de riscos e compliance é essencial para que as empresas tenham reconhecimento no mercado, ganhem descontos em linhas de crédito e melhorem o ROI (retorno por investimento). Portanto, o advogado deve contribuir para a transparência nas negociações de seus clientes para que trabalhem com conformidade legal.

1- Melhorar a estratégia de gestão - o advogado deve alertar o cliente para que tenha uma supervisão adequada de prestação de contas, principalmente no que se refere a documentação de todas as transações das empresas. É de posse desses documentos que o advogado pode antecipar alguns problemas que a empresa venha ter no futuro.

2- Integração com outras áreas -quando as organizações integram os vários setores, como o de gestão de riscos e compliance, com os planos de negócio e de desenvolvimento estratégicos, por exemplo, têm mais chances de alcançar melhores resultados. Já o advogado consegue ter uma visão mais completa da organização e contribuir ainda mais para a criação de oportunidades.

3 - Otimizar a função de cada colaborador - ao alinhar as funções de cada colaborador e também do advogado que presta assessoria na gestão de riscos e compliance, as empresas podem reduzir suas chances de riscos, economizar recursos, aumentar a eficiência. Além disso, ao alinhar o que é papel de cada um, fica fácil para que o consultor jurídico conheça as atribuições de cada membro da equipe e saiba a quem pedir ajuda quando precisar de documentos e informações.

Falta de profissionais

No ano passado, o portal Estadão publicou uma reportagem que apontava a falta de advogados neste ramo. As vagas para os profissionais que pretendem atuar na área de gestão de riscos e compliance podem variar de R$ 12 mil a R$ 19 mil. Mas, para entrar nesse mercado é necessário se especializar. Instituições conceituadas como a Fundação Getúlio Vargas e Damásio já oferecem cursos no segmento.

Se você gostou de conhecer o papel do advogado na gestão de riscos e compliance e quiser saber mais sobre as diferentes áreas de atuação de um advogado, preencha o formulário abaixo e receba nossas atualizações diretamente em sua caixa de entrada. O blog do SAJ ADV já falou sobre os ramos do Direito que estão em ascensão no Brasil, os desafios do advogado trabalhista e, até, como atua um analista jurídico.

Informações relacionadas

Victor Rizzo, Gerente de Comercialização, Marketing e Comunicação
Artigoshá 8 anos

Software Jurídico como ferramenta para gestão de riscos corporativos

Rafael Rocha Filho, Advogado
Artigoshá 2 anos

Qual é o prazo para devolução dos valores pagos na compra de imóvel?

NDM Advogados, Advogado
Artigoshá 10 meses

Saiba por que o Risk Assessment é uma etapa essencial para o programa de compliance da sua Startup

Bruno Angeli Perelli, Advogado
Artigoshá 3 anos

Cuidado! Quem compra "imóvel sem escritura" não é dono!

Thayna Kozarenko, Advogado
Artigoshá 4 anos

Imóvel apenas com contrato de compra e venda. É confiável comprar?

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

*
O Compliance Intelligence da MONTAX é fácil!

Fontes Humanas de Inteligência de Conformidade Com a Lei. Um Canal de Denúncias externo antifraude e anticorrupção grátis e fácil de instalar. O Programa de Integridade corporativa, gestão de riscos e auditorias preventivas mais transparente do Brasil.

Instale grátis e faça um teste AQUI http://www.montaxbrasil.com.br continuar lendo